A carregar...

ENTREVISTAS


Entrevistas:
Carlos Marques Marcelo
Data da entrevista:
17-01-2020, Torre da Oliva, São João da Madeira
Projeto:
Resumo:
Carlos Marques Marcelo é natural de Seia. O seu pai trabalhava nos CTT, também em Seia e por ter 8 filhos, mudou-se para São João da Madeira, com o objetivo de os filhos começarem a trabalhar na indústria da cidade. Assim, com 14 anos, Carlos começou a trabalhar na Oliva, com muitos outros jovens, no dia 1 de setembro de 1970, na secção de máquinas de costura, na cromagem de tornos automáticos. Passou, depois, para a secção da galvanização de acessórios. Por ter estado em várias secções, conheceu detalhadamente as várias produções da fábrica, que descreve. Assistiu ao processo de declínio da Oliva, e ao fechamento da secção onde trabalhava, sendo recolocado na secção de tubos e, por último, no armazém. Considera que um dos fatores que contribuiu para esse processo foi a falta de modernização das máquinas e da produção, mesmo após a compra da Oliva pela Grou e, mais tarde, pela ITT. Quando a Oliva encerrou, Carlos passou 3 anos no desemprego, ao fim dos quais se reformou. Refere que as condições que a empresa oferecia aos trabalhadores eram muito boas, entre as quais a formação obrigatória, as festas de Natal, a cantina exclusiva e o posto médico.
Ficha Técnica
Inês José [Entrevistador]
Carlos Francisco Marques Marcelo [Entrevistado]
Projetos
Entidades