O PROGRAMA

Memória para Todos® é um programa de investigação e partilha do conhecimento empenhado na promoção do estudo, organização e disseminação do património histórico, cultural, tecnológico e digital, desenvolvido em estreita relação com arquivos e bibliotecas, instituições da administração públicas, municípios e autarquias, entidades privadas, escolas e associações locais.

É, por natureza, um projeto colaborativo, contando com uma vasta equipa de colaboradores da academia e da sociedade em geral e assenta e estimula práticas colaborativas de investigação e de construção do conhecimento.

Convoca e suscita a convergência e o diálogo entre várias disciplinas e áreas científicas sendo-lhe intrínseca uma matriz transdisciplinar.

Sob a consigna Faça História partilhando, o Programa regista, preserva e partilha histórias e memórias, incluindo testemunhos orais, documentação e objetos pessoais e familiares, valorizando as histórias de vida e das comunidades.

Os conteúdos reunidos (como objetos, fotografias, testemunhos áudio e vídeo, sons e outros registos) com a participação e envolvimento dos cidadãos e instituições, são disponibilizados on-line em acesso aberto.

O programa compreende diversos projetos e iniciativas, criados por nós ou sugeridos pela sociedade, que envolvem o público no seu processo de desenvolvimento. As primeiras ações, remontando a 2009-2010, realizaram-se no âmbito das Comemorações para o Centenário da República, lançando o desafio à comunidade portuguesa para a partilha de memórias, testemunhos, objetos que retratassem a implantação da República em Portugal (5 de outubro de 1910) e a história da I República (1910-1926) em efetivo ambiente de ciência cidadã. A partir de então, e especialmente a partir do projeto Portugal 1914 (https://portugal1914.org), o programa formalizou-se e desenvolveu-se assumindo como missão a recolha, partilha e preservação de memórias e testemunhos, a democratização do acesso às ferramentas da investigação histórica, a promoção de dinâmicas colaborativas de investigação, a produção e disseminação de conhecimento e a criação de novas fontes para a investigação, centrando-se nas dinâmicas sociais da construção da memória, enquanto fator essencial para a definição de identidade.

Ver Projetos

1.º Encontro Memória para Todos: História, Património e Comunidade(s). 13 a 15 de Novembro de 2019. Teatro Aberto.

2.º Encontro Memória para Todos: Comunidades e Sustentabilidade. 18 de Novembro de 2020. Fundação Mário Soares. 

3.º Encontro Memória para Todos: Preservar e Partilhar a Memória. 11 e 12 de Novembro de 2021. Biblioteca da Imprensa Nacional. 

CASTAÑO, Inês, QUEIROZ, Inês, ROLLO, Fernanda, SEIXAS, Luisa, SILVA, Filipe, "Memory from the Avenues. A collaborative strategy towards local history and heritage", Memoria Media Review 3. Art.8. 2018

ROLLO, Fernanda. "Desafios e responsabilidades das humanidades digitais: preservar a memória, valorizar o património, promover e disseminar o conhecimento. O programa Memória para Todos." Estudos Históricos n. 69, 2020, DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S2178-149420200001000010

ROLLO, Maria Fernanda, "Memória para Todos. Um programa de história pública e colaborativa" in História Pública em Movimento, Juniele Rabêlo de Almeida e Rogério Rosa Rodrigues (org.), Letra e Voz, 2021, pp. 39-45. (historia-publica-em-movimento-juniele-rabelo-de-almeida-e-rogerio-rosa-rodrigues)

ROLLO, Maria Fernanda; CASTAÑO, Inês; SEIXAS, Luísa; JOSÉ, Inês; CASTRO, Mariana Reis, DINIZ, Sofia; PINTO, Sofia Costa, "Vai dar Raia - Memórias do Contrabando no Douro Superior", Jornalíssimo, 2021 (https://jornalissimo.com/historia/vai-dar-raia-memorias-do-contrabando-no-douro-superior/).