Talhas

Situada na margem direita do Rio Sabor, Talhas – antigamente denominada São Miguel de Talhas – é uma aldeia do concelho de Macedo de Cavaleiros. O último Recenseamento (2011) fixa a sua população residente em 316 habitantes, mas chegou a contar com 917 residentes em 1960.

Talhas é rica em património edificado, contando com várias fontes de água, a igreja matriz, diversas capelas e cruzeiros. A sua atividade económica esteve sempre ligada à agricultura e à pastorícia, destacando-se a produção de cereais, de vinho e de azeite. A produção de linho e de sabão também assumiram particular relevo entre as atividades de Talhas. Foi terra de artífices, nomeadamente de alfaiates, sapateiros, albardeiros, ferreiros e cesteiros, e ponto de passagem do contrabando com Espanha, que alguns dos seus habitantes ainda recordam. 

A aldeia ficou marcada por vários períodos de emigração, o mais significativo na década de 1960, tendo como principais destinos a Espanha, a França e a Suíça. As festas tradicionais da aldeia continuam a ser ponto de encontro de emigrantes de Talhas.