Moisés Gomes dos Santos

Moisés Gomes dos Santos é natural de Arrifana, Santa Maria da Feira. Há cerca de 35 anos casou e vive desde então em São João da Madeira. Ainda em idade escolar começou a trabalhar na indústria do calçado, a coser luvas. Aos 10 anos começou a trabalhar numa fábrica, a endireitar os pregos das máquinas. Crescendo, passou para a secção de corte, onde trabalhou até ao serviço militar. Formou-se no Centro de Formação da Indústria de Calçado, atual Academia de Design, no curso de Modelismo e no de Contramestre. Tal significou uma subida na carreira e, portanto, melhor remuneração, na fábrica de calçado Neto. Vê como muito positiva a introdução das novas tecnologias no trabalho fabril de calçado, que permitirá facilitar o trabalho de escalamento dos tamanhos, a standartização dos cortes e facilitar a garantia do controlo de qualidade dos produtos.

0:00 – Informação biográfica
0:31 – Pobreza
1:04 – Trabalho infantil
1:22 – Irmãs
1:51 – Entrada no mercado de trabalho
2:30 – Curso de modelismo no CFIC
3:00 – Trabalho em fábricas diversas
3:16 – Quotidiano de trabalho
4:14 – Modernização do trabalho fabril – Escalamento do calçado
7:07 – Experiência em feiras internacionais
8:30 – Aprendizagem e formação – fábricas e CFIC
9:25 – Curso de contramestre
10:24 – Mudança de moeda
11:20 – Remuneração
11:57 – Exponor
12:48 – Gosto pelo trabalho
13:24 – Remuneração e especialização