Maria Luísa Preto

Maria Luísa Preto é natural de Rio de Onor, tal como toda a sua família. Frequentou a escola primária da aldeia, tendo concluído a então 4ª classe. Trabalhou em Espanha desde os 13 anos, onde cuidava de crianças numa casa de família e, mais tarde, trabalhou num restaurante. Já depois de casada, emigrou, com a família, para França. Recorda os problemas que tinha para passar a fronteira com Espanha. Em 1986 regressaram a Portugal, a Rio de Onor, vivendo da agricultura. No entanto, em 1990, voltaram para França, para dar melhores hipóteses ao filho mais novo. Os três filhos acabaram por também emigrar para França.

0:00 – Informação biográfica

0:13 – Escola

0:25 – Agricultura e animais

0:41 – Guerra Colonial

0:59 – Emigração

1:49 – Trabalho ilegal

2:30 – Relação com os patrões

3:05 – Vida em Espanha

3:46 – Fronteira

7:00 – Férias em Portugal

7:42 – Passagem da fronteira

8:11 – Casamento

8:48 – Emigração

11:14 – Gravidezes e filhos

12:27 – Trabalho em França

13:00 – Filhos

13:10 – Regresso a Portugal

13:58 – Regresso a França

15:38 – Emigração dos filhos

16:08 – Trabalho em França

17:05 – Vida em França

17:33 – Carta de condução

18:52 – Vida em França

19:26 – Francês

20:21 – Convívio de emigrantes

21:20 – Trabalho em França

21:44 – Vida em França

23:38 – Convívio com portugueses e franceses

24:27 – Eletricidade

24:58 – Diferenças na aldeia

25:29 – Habitação

27:00 – Trabalho na infância

29:35 – Apoio a portugueses emigrados