Maria Júlia Rodrigues

Maria Júlia Rodrigues é natural de Rio de Onor, tal como toda a sua família. Todos trabalharam sempre na agricultura. Frequentou a escola primária da aldeia, recordando com saudades a Professora. O seu marido e os seus irmãos emigraram, para França e Espanha, respetivamente. O seu marido esteve pouco tempo em França, voltando para a aldeia para trabalhar na agricultura. Sempre manteve boa relação com os patrões. Recorda as festas tradicionais, e os bolos e doces que se faziam nessas alturas. Do que semeia, ainda hoje dá boa parte aos vizinhos da aldeia, no espírito comunitário próprio de Rio de Onor.

0:00 – Informação biográfica

0:16 – Família

2:49 – Agricultura

3:11 – Pai

3:20 – Casamento dos pais

3:44 – Emigração

4:19 – Músicas tradicionais

4:35 – Escola

5:51 – Habitação

6:33 – Marido

6:40 – Emigração

7:28 – Passagem da fronteira

7:43 – Trabalho em França

8:01 – Agricultura e centeio

8:17 – Alimentação

8:38 – Pastorícia e comunitarismo

9:19 – Lã e fiação

9:39 – Gado

9:51 – Emigração

10:33 – Festas tradicionais

11:17 – Músicas tradicionais

11:34 – Casamento

11:56 – Ligação à aldeia

12:17 – Comunitarismo