Maria de Deus Gomes

Maria de Deus Gomes nasceu em 1929 em Talhas, Macedo de Cavaleiros. Os pais eram naturais da zona, mas não da aldeia de Talhas. Recorda a casa onde nasceu, que agora é usada pelos filhos. Começou a trabalhar muito nova, na agricultura. Trabalhou numa quinta, onde também vivia, com a família. Recorda o trabalho árduo e as condições de vida difíceis. Teve 5 filhos, tendo alguns emigrado para França e Espanha. Enquanto Maria de Deus concluiu a 1ª classe, os filhos concluíram a 4ª, trabalhando na área da agricultura. Recorda os tempos em que caçava coelhos, lamentando a actual escassez de animais. Relata a viagem que faziam para assistir à Missa e às Festas da Aldeia, tendo de sair muito cedo de casa. Tem memórias de viagens a Espanha e do contrabando de alimentos e objectos quotidianos, tendo passado, várias vezes, a fronteira ilegalmente. Teve familiares espanhóis que fugiram para Portugal, aquando da Guerra Civil de Espanha. Relata o processo de fabrico do linho.

0:00 – Informação biográfica

0:11 – Habitação

0:47 – Casamento e quinta-feira

1:32 – Trabalho

2:04 – Casamento

2:16 – Filhos e emigração

3:11 – Escola

3:42 – Pais

4:18 – Infância

4:39 – Escola

4:58 – Emigração da irmã

5:29 – Habitação

6:07 – Agricultura

6:17 – Barragem

6:24 – Pecuária

6:31 – Gastronomia

6:56 – Caça

7:38 – Pão e farinha

8:09 – Festas tradicionais

8:51 – Religião

9:40 – Espanha e contrabando

10:45 – Falta de vestuário

11:10 – Passagem da fronteira

12:05 – Guerra Civil de Espanha

13:28 – Religião

15:15 – Costura e bordado

15:47 – Linho