Maria Angelina

Maria Angelina nasceu na aldeia de Talhas, tal como a família, e começou a ser lavadeira, com a madrinha, com 13 anos, no Rio Sabor. Fez o ensino primário na escola da aldeia. Aprendeu a fazer sabão com a mãe, usado, em tempos, para a lavagem de roupa. Descreve as etapas de produção, com as borras de azeite e flores, para perfumar. Atualmente produz sabão unicamente para vender nas festas tradicionais da aldeia. Por ter telefone em casa, recebia e atendia telefonemas para toda a aldeia. Também trabalhou, em Macedo de Cavaleiros, nos CTT, a escrever telegramas. Participava, também, na produção de linho, com as outras mulheres da aldeia. O seu marido trabalhava na construção civil, tendo emigrado para França, durante 2 anos. A passagem das fronteiras foi feita a salto, através de passadores. Recorda as festas da aldeia, durante o Verão, e as procissões tradicionais, com músicas tradicionais, danças, jogos de rosa e abundância de comida e bolos. Canta várias músicas tradicionais, cantadas tanto nas festas, como durante a produção de sabão e de linho. Recorda o 25 de Abril de 1974 como algo muito positivo, nomeadamente no que diz respeito às condições laborais da população da aldeia.

0:00 – Sabão

0:10 – Aprendizagem de produção de sabão

0:27 – Lavagem de roupa

1:13 – Produção de sabão

2:35 – Soda cáustica

4:00 – Caldeiras

4:20 – Plantas para perfumar

4:38 – Lavagem de roupa

6:10 – Quotidiano

6:36 – Trabalho

7:16 – Barrelas

7:52 – Alimentação

8:04 – Vida na aldeia

8:41 – Habitação

8:53 – Agricultura

9:37 – Deslocações e mobilidade

9:51 – Escola

10:14 – Telefone

11:15 – Namoros

11:39 – Telefone

11:51 – Telegramas

14:19 – Espanha e contrabando

14:51 – Pais

15:17 – Guerra Civil de Espanha

15:49 – Racionamento alimentar

16:27 – Linho

17:11 – Hortas

17:23 – Estrume

17:50 – Marido

18:02 – Emigração

18:34 – Nascimento e partos

19:41 – Emigração e passagem da fronteira

20:55 – Festas tradicionais e Procissão

21:25 – Gastronomia

22:10 – Fornos

23:21 – Músicas tradicionais

24:36 – Produção de sabão

25:39 – Músicas tradicionais

28:46 – Plantas colocadas no sabão

29:09 – Músicas tradicionais

29:47 – Produção de linho

32:34 – Produção de sabão

32:49 – Religião e missa

35:11 – Produção de sabão

36:05 – 25 de Abril de 1974

37:41 – Excursões

37:51 – Desigualdades sociais

38:20 – Latifundiários

39:28 – Direito de voto

39:59 – Queijo

41:03 – Produção agrícola

41:38 – Queijo

41:57 – Vinho e aguardente

42:37 – Produção de sabão