Maria Adelaide Lopes

Maria Adelaide Lopes (n.1961) é natural da Ericeira, mas vive no Vau desde os 6 anos. Os seus pais estavam ligados à agricultura, só ganhando relação com a Lagoa quando começou a namorar com o seu marido, que ainda hoje é pescador. Partilha o seu testemunho sobre o duro trabalho na Lagoa de Óbidos, enquanto ajudava o marido a escolher o marisco e a puxar as redes de pesca. Chegou a tirar a cédula marítima e, posteriormente, trabalhou como auxiliar de educação. Relata grandes mudanças e alterações da Lagoa relativamente à sua beleza natural e à precariedade da vida dos seus habitantes.

0:00 – Relação com a Lagoa de Óbidos

1:03 – Trabalho na pesca

2:18 – Quotidiano dos pais

2:40 – Precariedade de vida

4:50 – Percurso profissional

5:11 – Alterações na Lagoa