Joaquim Prazeres

Joaquim Prazeres (1958) nascido em Pega, Guarda, sai pela primeira vez de Portugal aos 5 anos. A família estabeleceu-se nos arredores de Paris, encontrando trabalho na construção civil e em casas de família. Aos 8 anos regressa a Portugal, com o objetivo de prosseguir os estudos, completando a sua formação no Magistério Primário. Depois de uma passagem por Setúbal, onde esteve seis anos como coordenador do ensino de adultos, regressou a França, aos 28 anos, como professor de português em escolas francesas, numa acção promovida pelo Estado Português. Esteve ainda dois anos em Espanha, em funções semelhantes, integrando várias equipas educativas de escolas com comunidades portuguesas. Mudou-se depois para o Luxemburgo, por razões profissionais, continuando envolvido no ensino e na promoção da língua portuguesa.

01:07 – Emigração dos pais

01:47 – Integração na escola francesa

03:37 – Diferenças entre os sistemas de ensino francês e português

07:43 – Cartas de chamada

08:44 – Condições de vida em Portugal

13:37 – Atividades profissionais dos pais em França

17:30 – Percurso académico em Portugal

19:50 – Percurso profissional em Portugal

26:15 – Mudança para França

31:04 – Ensino da língua portuguesa no estrangeiro

37:01 – Período em Espanha

41:09 – Mudança para o Luxemburgo

49:00 – Relação com a língua portuguesa e o ensino no estrangeiro