Joaquim Gonçalves Lameira

Joaquim Gonçalves Lameira (n. 1935). Natural de Romariz. Começou a trabalhar no calçado Sanjo, passando depois para a chapelaria. Já o pai trabalhava na chapelaria A. Henriques, mas na carpintaria, fazendo caixotaria para acondicionar os chapéus encomendados. Explica como era feito o trabalho de confecção do chapéu, em particular o fabrico das abas. Descreve também o processo de acabamento dos chapéus. No caso do calçado, conta que, entre as várias funções desempenhadas, uma delas era a de “vulcanizar”, numa máquina, a borracha para as solas.

0:00 – Percurso profissional

1:40 – Confecção do chapéu

6:51 – Greves dos chapeleiros

8:06 – Funções na Sanjo

10:30 – Funções do pai na chapelaria A. Henriques

11:46 – Uso do chapéu

12:22 – Indústria de chapelaria e atracção de mão-de-obra

12:55 – Percurso profissional

13:21 – Trabalho na agricultura

13:43 – Emigração