Isolina Matos e António Pontes

Isolina Matos e António Pontes são naturais de Talhas e Morais, respetivamente. O pai de Isolina era alfaiate, arte que também aprendeu, e António, tal como o pai, trabalhava na construção civil. Para além de exploração agrícola, tinham vários animais, que ocupavam a parte inferior da casa onde viviam. Isolina cumpriu a então 4ª classe, na escola primária da aldeia. António concluiu o mesmo grau, mas na escola de Morais. António trabalhou como mineiro, numa mina de carvão em Espanha, tendo ambos estado emigrados 16 anos no país. Os seus filhos regressaram a Portugal quando atingiram a idade do ingresso escolar. Na mesma mina, trabalhavam vários homens da aldeia de Talhas. Todos dos filhos estudaram ao nível do Ensino Superior, algo de que se orgulham muito. Recordam o contrabando de bens alimentares e outros objetos do quotidiano para, e de, Espanha. Isolina chegou a trazer muitos bens para Portugal, ilegalmente. Isolina também trabalhou em tecelagem e na produção do linho, processo que descreve detalhadamente.

0:00 – Informação biográfica

0:14 – Pais

0:45 – Casamento

1:48 – Comunicações

2:12 – Habitação

3:58 – Aquecimento

4:42 – Instalações sanitárias

5:00 – Emigração

5:12 – Filhos

6:07 – Mina de carvão

6:55 – Emigração

7:40 – Habitação em Espanha

7:51 – Filhos

9:20 – Educação dos filhos

9:40 – Passagem da fronteira

13:53 – Vida em Espanha

16:44 – Portugueses na mina

18:56 – Emigração

20:29 – Língua

20:51 – Contrabando

24:35 – Carro

24:56 – Alimentação

27:08 – Diferenças Portugal-Espanha

27:28 – Ditadura de Franco

28:03 – Emigração

28:49 – Mãe (Isolina)

29:29 – Pai (Isolina)

30:07 – Linho

32:14 – Máquina de costura e de bordar

32:56 – Alfaiataria

34:14 – Escola

36:00 – Namoros

38:02 – Trabalho de pedreiro

39:03 – Guerra Civil de Espanha

42:52 – Serenatas

43:16 – Agricultura

44:03 – Danças e músicas tradicionais

46:22 – Festas tradicionais

47:38 – Alimentação durante as festas

49:02 – Diferenças na aldeia

49:33 – Guerra Colonial

49:55 – Retornados

50:42 – Emigração

52:58 – Religião

55:52 – Instrumentos de produção de linho

57:22 – Instrumentos de mina

58:42 – Trabalho na mina

1:02:59 – Instrumentos de produção de linho