Carlos Henriques

Carlos Henriques nasceu em Coimbra, mas a família fixou-se depois em Vila Nova de Fôz Coa. Cedo se dedicou ao contrabando de fruta. Conta como fazia a travessia da fronteira e as estratégias utilizadas para encobrir os produtos contrabandeados. O seu avô materno foi Guarda Fiscal e o seu pai pertenceu à GNR, mas dedicou-se posteriormente ao contrabando. A avó paterna também foi contrabandista, sendo conhecida por trazer de Espanha as alpargatas.

0:00 – Informação biográfica e familiar

0:23 – GNR e colocação do pai em Vila Nova de Fôz Côa

0:59 – Contrabando de fruta

1:11 – Contrabando e descaminho

2:02 – Contrabando: período de atividade

2:16 – Valor de produto contrabandeado

2:33 – Géneros contrabandeados apreendidos

3:18 – Contrabando de fruta

3:35 – Contrabando de orelheira para venda nos talhos e procedimento de fiscalização

4:48 – Estratégias para passar a fronteira

5:07 – Guarda Fiscal e integração na GNR

5:34 – História de contrabando

6:43 – Estratégias para passar a fronteira

7:51 – Transporte de bananas na fronteira

8:30 – Contrabando e multas

8:49 – Estratégias para passar a fronteira

10:00 – Relação entre contrabandistas e Guarda Fiscal

10:43 – História familiar

14:27 – Avó paterna e contrabando: travessia do rio, produtos e estratégias para passar a fronteira

17:58 – Guerra Civil de Espanha e contrabando

18:14 – Memória sobre calças de bombazine

18:52 – Inscrição do pai para a GNR

20:07 – Códigos dos contrabandistas e mirandês

20:39 – Significado de ter sido contrabandista

21:00 – Multas: registo de nascimento e uso de isqueiro

22:02 – Coca-cola em Portugal