Balbina Videira Sobral

Balbina Videira Sobral nasceu na Guarda, mas casou e vive em São João da Madeira há 19 anos. Trabalhou muitos anos na área da restauração, mas, devido à irregularidade dos turnos de trabalho, decidiu mudar de emprego. Assim, em 2017 começou a trabalhar na Viarco, empresa que a surpreendeu muito no momento da entrada. Tem passado pelos vários sectores da produção de lápis, uma vez que a empresa em funcionários polivalentes. Atualmente pertence à secção da arredondagem. Descreve as várias fases de produção de um lápis, bem como as máquinas existentes na fábrica. Destaca a boa relação que existe entre os colegas e com os patrões, com quem afirma existir uma relação muito próxima.

0:00 – Informação biográfica
0:20 – Mudança para São João da Madeira
0:33 – Trabalho e entrada na Viarco
1:51 – Fábrica e trabalhadores da Viarco
2:16 – Aprendizagem e formação
2:28 – Quotidiano de trabalho
2:52 – Técnicas de colagem
3:03 – Secção de Arredondagem e processo de fabrico
4:33 – Máquinas
4:40 – Produção
5:07 – Remuneração
5:16 – Importância e projeção da Viarco
5:47 – Importância da preservação do património
6:11 – Visitas externas
6:27 – Quotidiano de trabalho
6:36 – Relação com patrões e colegas
6:57 – Futuro dos filhos