A carregar...

ENTREVISTAS


Entrevistas:
Ester Martins
Data da entrevista:
9-10-2019, Bemposta
Projeto:
Resumo:
Ester Martins é natural de Bemposta, tal como a sua família. Os seus pais trabalhavam na agricultura, na passagem de emigrantes pela fronteira para Espanha e, no caso do seu pai, na construção da Barragem da Bemposta. Começou a trabalhar muito nova e costumava fazer contrabando, para Espanha, principalmente de café. Frequentou a escola primária da aldeia, até à então 4ª classe, indo, depois, estudar para o Porto. Enquanto estudava, também trabalhava numa farmácia e num alfaiate. Quando regressou a Bemposta, frequentou o Liceu de Mogadouro. Emigrou para França, aos 17 anos, onde trabalhou no sector da restauração. Mais tarde, voltou ao Porto, para voltar a estudar, mas teve de voltar para França, por falta de emprego na cidade. Quando se casou, emigrou para Espanha, uma vez que o marido trabalhava nas minas das Astúrias. Quando o marido perdeu o emprego, voltaram para Bemposta, onde vivem ainda hoje. Ester abriu uma loja de objetos do lar na aldeia e, mais tarde, um talho e minimercado. Lamenta as diferenças no convívio social na aldeia, considerando que as relações se tornaram mais distantes do que eram na sua infância. Recorda as festas tradicionais, principalmente a Festa a Nossa Senhora dos Prazeres, da qual ainda hoje é mordoma.
Ficha Técnica
Inês Filipa Abreu de Castaño Entrevistador
Ester de Fátima Parra Martins Entrevistado
Referências

Imóveis

Barragem de Bemposta Civil Memórias de Bemposta
Barragem de Cedillo Civil Memórias da Reserva da Biosfera Transfronteiriça Tejo-Tajo