A carregar...

ENTREVISTAS


Entrevistas:
Elísio Pinheiro de Pinho
Data da entrevista:
18-01-2020, Torre da Oliva, São João da Madeira
Projeto:
Resumo:
Elísio Pinheiro de Pinho começou a trabalhar aos 10 anos com o pai, que era sapateiro, a endireitar pregos. Ao longo dos anos foi aprendendo todas as outras tarefas do ofício. Trabalhou independentemente e, aos 13 anos, começou a trabalhar na fábrica de calçado da Chicco, em São João da Madeira. Passou por muitas outras fábricas de calçado da cidade, entre as quais a Evereste e a Fernando Henriques, onde trabalhou até se reformar. Manteve sempre um posto de trabalho em casa, para ter algum rendimento extra. Recorda a dureza do trabalho de sapateiro que, quase sempre, também era mal remunerado. Considera que a Revolução de 25 de abril de 1974 foi muito positiva nesse aspeto, melhorando muito a condição dos operários. Lamenta a redução da indústria do calçado e o facto de haver cada vez menos artesãos sapateiros.
Ficha Técnica
Catarina Santos [Entrevistador]
Elisio Pinheiro de Pinho [Entrevistado]
Projetos
Entidades