A carregar...

ENTREVISTAS


Entrevistas:
Abel e Maria Elvina Aguiar
Data da entrevista:
18-01-2020, Torre da Oliva, São João da Madeira
Projeto:
Resumo:
Abel e Maria Elvira Aguiar são ambos naturais de São João da Madeira, onde sempre viveram e trabalharam. O pai de Abel trabalhou no sector da chapelaria, onde se envolveu em lutas laborais, vivendo a família com algum medo da PIDE. O pai de Maria Elvira era jardineiro da casa dos donos da Chapelaria Nacional. Com apenas 10 anos Maria Elvira começou a trabalhar, no sector do comércio. Já jovem adulta, começou a trabalhar no sector do calçado, na fábrica da empresa Galã, onde ficou até se reformar. Abel também sempre esteve ligado ao calçado: começando a trabalhar na fábrica onde o pai também era funcionário, passou, depois, para o comércio do sector, na empresa Rigor. Terminou a carreira, no sector das peles, apesar de manter algum trabalho de sapateiro. Recorda a enorme afluência de habitantes de outras regiões a São João da Madeira, em busca de trabalho nas várias fábricas, nos quais se incluíam muitas crianças. Relatam as melhorias laborais que a Revolução de 25 de Abril de 1974 trouxe em fábricas como as da Oliva e da Molaflex, principalmente nas condições de alimentação, horários de trabalho e suporte social às famílias dos funcionários. Abel recorda a compra da Oliva pela ITT e as alterações que se seguiram na estrutura da empresa e da produção. Recordam a evolução da Sanjo, lamentando os anos em que a produção foi deslocalizada para a China. Lamentam o abandono da indústria da chapelaria pelas novas gerações, mas consideram que a indústria tem sido o maior foco de desenvolvimento da região de São João da Madeira.
Ficha Técnica
Inês José Entrevistador
Abel Correia Ribeiro de Aguiar Entrevistado
Maria Elvira Mendes da Costa Aguiar Entrevistado
Recolhas

Objetos

Sapatos de criança
Postais com reproduções das obras de Armando Tavares de Almeida