A carregar...

ENTREVISTAS


Entrevistas:
Joaquim Alves
Data da entrevista:
17-01-2020, Torre da Oliva, São João da Madeira
Projeto:
Resumo:
Joaquim Alves é natural de Santa Maria da Feira. Estudou até à então 4ª classe e, para ajudar a família, foi aprendiz numa serralharia. Aos 12 anos, omeçou a trabalhar numa outra serralharia, também em São João da Madeira, onde aprendeu a ser torneiromecânico. Em 1947, apesar de não ter o curso da Escola Industrial, necessário na altura, conseguiu emprego na fábrica da Oliva. Descreve a fábrica como um espaço de grande modernidade, sendo usadas máquinas novas e com a tecnologia mais atualizada, à data. Recorda a dureza do trabalho e a ausência de serviços sociais na empresa, que ajudou a criar, passando os funcionários a usufruírem de sistemas de convívio como um orfeão e uma equipa desportiva.Trabalhou como torneiro até 1964, ano em que mudou para a indústria do calçado.Trabalhou em várias fábricas da cidade e, paralelamente, iniciou a carreira no comércio. Tem uma loja que, a 19 de Abril de 2020, cumpriu 60 anos. Apesar de já não trabalhar na Oliva aquando do seu fecho, acompanhou o seu processo de declínio, que lamenta. Considera que a empresa tinha uma importância imensurável para a região e para os seus habitantes, possibilitando a melhoria das condições de vida dos seus trabalhadores e o desenvolvimento da cidade.
Ficha Técnica
Mariana Castro [Entrevistador]
Joaquim Alves [Entrevistado]
Projetos
Entidades