Vítor Manuel Simões

SINOPSE
Vítor Manuel Simões esteve mobilizado na Guiné, na Guerra Colonial. Tem muitas memórias dos ataques e combates no campo de luta. Recorda os mortos e feridos do seu batalhão.
Regressado a Portugal, trabalhou como serralheiro na EFACEC. Recorda o dia 25 de Abril com grande detalhe. Acompanhou a Revolução nas ruas de Lisboa, seguindo as chaimites da Praça do Comércio ao Largo do Carmo. Posteriormente, assistiu à rendição da PIDE na Rua António Maria Cardoso.
Recorda a tentativa de golpe de 11 de Março de 1975, à qual assistiu no Aeroporto da Portela.
Desenvolveu actividade política no âmbito de Comissões de Trabalhadores, integrando o MRPP em 1975. Para além disso, participou em múltiplas manifestações e greves no âmbito da Comissão de Trabalhadores da EFACEC.

0:00 – Informação biográfica
0:08 – Guerra Colonial
0:33 – Memórias de Guerra
1:30 – Memórias de combate
2:22 – Funções no exército
3:16 – Retorno a Portugal
3:38 – Dia 25 de Abril de 1974
5:32 – Salgueiro Maia no Largo do Carmo
6:36 – Rendição da PIDE
6:11 – Memórias do 11 de Março de 1975
8:04 – Actividade política
8:57 – Envolvimento no MRPP
10:16 – Manifestações e greves

Deixe uma resposta