Maria Teresa Rocha

SINOPSE
Maria Teresa Rocha, nasceu em Leiria, na Freguesia de Marrazes, vai para Lisboa aos 2 anos de idade. Mudou para a Av. Elias Garcia aos 16 anos. Com o casamento muda-se para Odivelas, tendo regressado ao Bairro por ocasião de promoção do marido a 1º Oficial. Mantém a rotina diária de almoçar na cantina da PT.  Não tem filhos nem netos.
Foi funcionária administrativa nos CTT, tendo integrado a PT aos 21 anos. Refere diferença de regalias e serviços nas duas instituições. Integra os CTT por influência do pai, que aí era motorista. Refere abertura de vagas para dactilógrafa nos CTT, após período da Guerra, para filhos de funcionários subalternos. O tio, irmão da mãe, era também director de pessoal nos CTT. Começou a trabalhar na Fontes Pereira de Melo, 2ª repartição de finanças, que integrou até se reformar com 36 anos de serviço. Trabalhou sempre no mesmo edifício do marido, 14 anos mais velho.
Refere Praça do Matadouro, rotinas e comércio no bairro, assim como a sua progressiva construção e transformação. Lembra-se das traseiras servirem para pequenos talhões de cultivo que serviam a população que deram lugar a barracas. Refere poços e minas de água que serviam os habitantes.
Lembra-se também de duas ilhas, com casas pequenas, onde agora está a Escola Secundária D. Pedro V. Refere Quinta das Mil Flores e Quinta do Espírito Santo. Frequentava o cinema na Duque de Ávila e a Feira Popular regularmente, tendo observado a construção da Fundação Calouste Gulbenkian. Mandou construir as mobílias que ainda conserva, numa marcenaria da mesma rua, de acordo com revistas nórdicas emprestadas por um vizinho.

FICHA DE ENTREVISTA
Entrevistado: Maria Teresa Rocha
Entrevistador: Inês Castaño, Luisa Seixas e Sofia Diniz
Edição de vídeo: Miguel Ferrão
Data da entrevista: 18 de fevereiro de 2016

OUTROS DOCUMENTOS
Conjunto de 9 fotografias de diferentes formatos e sem data apurada até ao momento.

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

barra-de-logos-memoria

Deixe uma resposta