Maria Delfina Fernandes

SINOPSE 

Maria Delfina Fernandes veio para a Avenida António Augusto Aguiar em 1953. Sente grande carinho pelo bairro, e lembra a avenida cheia de árvores e com vivendas e chalés, onde brincava com outras crianças. Conheceu o marido na Avenida Marquês de Tomar, e foi viver para a Travessa de São Sebastião da Pedreira quando se casou em 1974.

Lembra a vida mais calma, antes da existência dos supermercados e das grandes superfícies, tempo em que havia mais contacto entre os moradores do bairro, que se tornavam amigos para toda a vida.

FICHA DE ENTREVISTA

Entrevistada: Maria Delfina Fernandes
Entrevistador: Luísa Seixas
Edição de vídeo: Ana Francisca Bernardo
Data da entrevista: 4 de outubro de 2016

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

barra-de-logos-memoria

Deixe uma resposta