José Ferreira Fonseca

SINOPSE
José Ferreira Fonseca nasceu no concelho de Almeida, na Guarda, onde trabalhou como carregador de contrabando, a par de actividades agrícolas. Quando foi chamado para o serviço militar, ficou colocado no sector das transmissões na PSP. Foi mobilizado para Angola em 1961, voltando em 1963. Considera que, também para os corpos da PSP, a Guerra foi extremamente perigosa.
Relembra as condições de vida deploráveis dos presos políticos nas prisões em Angola.
Regressando a Portugal, continuou a trabalhar no sector das transmissões da PSP, tornando-se radiotelegrafista, onde recebia mensagens da Comissão de Censura e de soldados mortos na Guerra Colonial.
No dia 25 de Abril de 1974 recebeu a mensagem dos levantamentos militares, tendo acompanhado, através das mensagens, todo o processo da Revolução, ficando, com os colegas, de prevenção imediata.
Recorda os anos conturbados que se seguiram à Revolução, processo que considera normal por se seguir a uma mudança de regime.

0:00 – Trabalho como carregador de contrabando
1:10 – Serviço militar
2:37 – Comissão em Angola
2:49 – Aerogramas do Movimento Nacional Feminino
3:29 – Primeiros confrontos em Angola
4:52 – Construção do porto de Moçâmedes (actual Namibe) por presos políticos
6:06 – Prisões do Regime
7:39 – Regresso a Portugal
8:30 – Trabalho como radiotelegrafista
10:24 – Dia 25 de Abril de 1974
12:57 – Mensagens da Revolução
15:25 – Destruição de documentação
16:28 – Resistência à mudança de regime
16:39 – Adaptação ao novo Regime nos anos seguintes

Deixe uma resposta