Daniel Pereira da Silva

SINOPSE
Daniel Pereira da Silva é natural de Leiria e começou a trabalhar aos 10 anos na cidade. Veio, na década de 1970, trabalhar para Lisboa. No dia da Revolução estava a trabalhar, na Rua da Madalena, tendo ordens para voltar para casa imediatamente. Querendo registar rifas de lotaria, deu por si na Praça do Comércio, a partir de onde acompanhou toda a Revolução, acabando por desembocar no Largo do Carmo.
Tem fortes memórias da vigilância da PIDE, tanto em Lisboa como em Leiria, com particular presença em dias mais sensíveis, como o 1 de Maio ou o 5 de Outubro.
Vê a Revolução como algo muito positivo, embora não ignore os problemas actuais do país relativos ao emprego, à corrupção e às carreiras políticas.

0:00 – Informação biográfica
0:29 – 25 de Abril de 1974
1:22 – Movimentações populares
2:19 – PIDE em Leiria
3:49 – Tiros no Largo do Carmo
5:15 – Participação política
5:41 – Retrospectiva da Revolução
6:16 – Início da vida laboral
7:04 – Importância da Revolução

Deixe uma resposta