Bernardo Azevedo Gomes

Bernardo Azevedo Gomes (natural de Lisboa) não cresceu a ouvir ópera, embora sempre tenha tido enorme interesse por música, particularmente pelo piano.
Concluiu a Licenciatura em Ciências Musicais da Universidade Nova de Lisboa e, posteriormente, o Curso de Piano do Conservatório Nacional.
Colaborou com a R.D.P — Antena 2 em vários programas dos quais se destacam as séries Vida e Obra e O Grupo dos Cinco. Para a RTP2 efetuou várias assistências musicais e coordenou as rubricas Efemérides e Lexikon do programa “Fórum Musical”.
Iniciou a sua colaboração com o Teatro Nacional de S. Carlos em 1988 como assistente de palco na produção
Le Nozze di Figaro com encenação de Luís Miguel Cintra. No mesmo ano, integrou a equipa da Revista São Carlos. No ano seguinte, na reposição da supracitada ópera de Mozart, acumulou as funções de Assistente de Encenação. Posteriormente, colaborou na coordenação dos programas de sala e foi assistente de palco nas produções do TNSC. Foi assistente de encenação em A Voz Humana (teatro e ópera) com encenação de João Lourenço numa produção para a RTP 2.
É Director de cena no TNSC desde 1993, notando bastante evolução no desempenho do espectáculo. Destaca a importância de uma boa equipa de trabalho e a necessidade de uma grande organização, e que a formação musical de excelência possibilita uma boa direcção de palco.
Frisa o facto de o Teatro Nacional de São Carlos ser a única casa de ópera em Portugal, devendo, por isso, ter um destaque particular.
Sente que a equipa do Teatro é como uma família, factor que considera importante para o acolhimento dos cantores estrangeiros em digressão.

Parte 1
0:00 – Dever do TNSC para com o público jovem
1:03 – Primeira ida ao TNSC
2:13 – Entrada no TNSC
2:30 – Primeira ópera a que assistiu
2:52 – Galinheiro
5:40 – Trabalho como Director de Palco
5:53 – Diferenças no espectáculo
7:00 – Espectáculos marcantes
7:33 – Gestão do espectáculo
8:51 – Diferença entre o TNSC e outros palcos
9:40 – Reacção estrangeira ao TNSC
10:52 – Manutenção do TNSC e adaptação às exigências actuais
11:21 – TNSC como “jóia da Coroa”
12:00 – Protocolos no TNSC

Parte 2
0:00 – Trabalho de Direcção de Palco
1:03 – Receios iniciais
1:36 – Problemas em espectáculo
3:22 – Gestão dos agradecimentos
5:25 – Momentos de tensão e gestão de ânimos
7:45 – Relações com os elencos e o fim dos espectáculos
9:11 – Relação dos cantores com o TNSC
10:56 – Estreia no TNSC
11:48 – Formação musical
13:17 – Importância do factor humano
14:30 – Contacto com figuras de renome

FICHA DE TÉCNICA
Entrevistado: Bernardo Azevedo Gomes
Entrevistador: Jorge Rodrigues
Assistência: Luisa Seixas e Inês Castaño
Data da entrevista: 16 de abril de 2018
Edição de vídeo: Ana Campos

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

Deixe uma resposta